Dor no abdômen e região pélvica pode ser câncer de colo do útero?

Dra. Patrícia Varella Especialista em Ginecologia, Obstetrícia e Reprodução Humana Assistida

O câncer de colo do útero, assim como o câncer de mama, é uma grande preocupação para as mulheres. 

O Instituto Nacional de Câncer (INCA) estimou que a cada ano do triênio 2020/2022 sejam diagnosticados 16.590 novos casos de câncer de colo do útero no país. 

Nesse sentido, você sabe para quais sintomas deve ficar atenta? 

Afinal, a dor no abdômen e na região pélvica podem ser sinais de câncer de colo de útero?

É fundamental identificar a doença em seus primeiros sinais, por isso hoje vamos te falar mais sobre a doença e seus sintomas. 

Acompanhe!

O que é o câncer de colo do útero?

Também chamado de câncer cervical, o câncer no colo do útero é um tumor maligno que possui evolução silenciosa e lenta.

Por isso, é preciso ter atenção redobrada para observar pequenos sinais da doença. 

O tumor pode ser definido como um crescimento anormal no volume de alguma parte do corpo humano. 

Ocorre uma alteração no ciclo de vida das células de alguma região do corpo, em que crescem de forma desordenada e não encerram o ciclo, isto é, não morrem.

Deste modo, é formada uma massa de células chamada de tumor. 

É chamado de maligno o tipo de tumor que possui capacidade de metástase, isto é, pode afetar outras regiões do corpo. 

Assim, o câncer de colo de útero é considerado maligno. 

Sua principal causa é a infecção pelo vírus HPV, um tipo de Infecção Sexualmente Transmissível facilmente contagiosa. 

Por isso, a prevenção e uso de camisinha é fundamental para evitar o contágio. 

Como é feito o diagnóstico de câncer no colo do útero?

Existem muitos casos de câncer no colo do útero que são identificados de forma tardia, o que diminui as chances de sucesso do tratamento. 

No entanto, na maioria das vezes a doença pode ser identificada por meio do exame Papanicolau, conhecido como exame preventivo. 

É indicada a realização deste exame anualmente durante a consulta ginecológica e pode identificar as alterações antes mesmo do desenvolvimento do câncer. 

Isso possibilita a cura de forma tranquila e sem grandes dificuldades.

Sinais e sintomas

Ainda que seja uma doença silenciosa, além da realização periódica do exame é fundamental estar atenta aos sinais do corpo. 

Entre os sinais que podem surgir, estão as dores na região do abdômen e região pélvica, especialmente ao ir no banheiro ou durante as relações sexuais. 

Além disso, existem outros sintomas, veja:

  • Sangramentos vaginais fora do ciclo;
  • Corrimentos vaginais com forte odor e coloração alterada;
  • Dores contínuas no corpo, especialmente nas pernas, quadris ou cotas;
  • Problemas urinários como vontade excessiva de urinar, dor ao urinar ou infecção urinária;
  • Perda de peso repentina ou falta de apetite;
  • Surgimento de verrugas na região da vulva.

Para se prevenir, consulte uma ginecologista de forma periódica!

Agora você já sabe que a dor no abdômen e região pélvica pode ser um dos sinais de câncer do colo do útero, além de saber outros sintomas da doença.

Para se prevenir, mantenha consultas regulares com uma ginecologista. 

Nossa recomendação é a Dra. Patrícia Varella, especialista em Ginecologia e Obstetrícia.

Agende sua consulta e previna-se!

Preencha o formulário e agende sua consulta

loading...

INFORMAÇÕES DO AUTOR:

Dra. Patrícia Varella Especialista em Ginecologia, Obstetrícia e Reprodução Humana Assistida

Médica formada pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP), também fez residência médica em Ginecologia e Obstetrícia na mesma instituição.
CRM-SP nº 93928