Desconforto abdominal pode indicar câncer colorretal?

Dra. Patrícia Varella Especialista em Ginecologia, Obstetrícia e Reprodução Humana Assistida

Segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), o câncer colorretal é o segundo mais frequente em mulheres, perdendo apenas para o câncer de mama

Por isso, é fundamental conhecer sobre seus sinais e sintomas para que a doença seja identificada em sua fase inicial. 

Você sabe se o desconforto abdominal por ser um sintoma de câncer colorretal? Conhece outros sinais?

Se sua resposta foi não, este texto é para você, pois trataremos sobre este tema. 

Vamos lá?

O que é o câncer colorretal?

O câncer colorretal é um tumor maligno que se desenvolve no intestino grosso, isto é, no cólon, ou na sua parte final, o reto. 

Em 90% dos casos, este tipo de tumor se origina a partir de um pólipo adenomatoso que, com o passar do tempo, pode sofrer alterações em suas células. 

Por isso, a principal forma de prevenção deste tipo de câncer é o rastreio por meio de exames como a colonoscopia.

Neste exame é possível detectar e retirar os pólipos antes que se degenerem em câncer.

Como é feito o diagnóstico de câncer colorretal?

Este tipo de câncer pode atingir homens e mulheres, ainda que tenha uma incidência um pouco maior em homens. 

Ocorre na faixa etária adulta, especialmente a partir dos 50 anos, sendo considerado um fator de risco. 

Por isso, é recomendado que pessoas acima de 50 anos façam anualmente o exame de sangue oculto nas fezes. 

Deste modo, é possível que o câncer seja identificado na fase inicial. 

Além disso, é fundamental estar atento aos sinais e sintomas que o corpo emite. 

Ainda que seja uma doença silenciosa, com manifestação de sintomas apenas nas fases mais avançadas, algumas alterações podem chamar a atenção de pacientes.

Entre eles, está a dor e o desconforto abdominal, especialmente quando associado a algum outro sintoma. 

Por isso, fique atento ao sentir este sintoma e observe outros sinais do seu corpo, como:

  • Presença de sangue nas evacuações, seja de cor viva ou mais escura, com ou sem muco;
  • Sintomas irritativos, tais como a alteração do hábito intestinal que possa causar diarreia crônica ou necessidade urgente de ir ao banheiro, mesmo com pouco volume fecal;
  • Presença de sintomas obstrutivos, como afilamento das fezes, sensação de esvaziamento incompleto, constipação persistente e cólicas associadas ao inchaço;
  • Fadiga em excesso;
  • Perda de peso sem causa aparente;
  • Anemia crônica.

No entanto, independente dos sintomas, o paciente deve buscar acompanhamento médico, pois ainda que não seja diagnosticado câncer, outros problemas de saúde podem estar presentes. 

Previna-se!

A alimentação saudável é a principal estratégia para se prevenir contra o câncer colorretal. 

É preciso buscar a ingestão de alimentos naturais, como legumes, frutas, verduras, cereais integrais, leguminosas, grãos e sementes.

Uma alimentação rica em fibras ajudará a promover o bom funcionamento do intestino. 

Além disso, é preciso diminuir a ingestão de alimentos ultraprocessados e com excesso de gorduras. 

Quer tirar suas dúvidas sobre câncer colorretal?

Agora você já sabe que o desconforto abdominal pode ser um sinal de câncer colorretal, além de saber outros sintomas para ficar atento. 

Caso tenha ficado com alguma dúvida sobre o assunto, procure por um profissional. 

Nossa recomendação é a Dra. Patrícia Varella, especialista em Ginecologia e Obstetrícia, que poderá avaliar os sintomas e tirar suas dúvidas. Agende sua consulta!

Preencha o formulário e agende sua consulta

loading...

INFORMAÇÕES DO AUTOR:

Dra. Patrícia Varella Especialista em Ginecologia, Obstetrícia e Reprodução Humana Assistida

Médica formada pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP), também fez residência médica em Ginecologia e Obstetrícia na mesma instituição.
CRM-SP nº 93928