Gestação

A gestação ou gravidez é um evento resultante da fecundação do óvulo pelo espermatozóide. Ela ocorre dentro do útero e é responsável pela geração de um novo ser.

A fecundação pode dar-se através de relações sexuais ou ser mediante Reprodução Assistida. O desenvolvimento do embrião tem início com a divisão do óvulo em múltiplas células e é nesta fase que se começam a formar a maior parte dos órgãos, muitos deles funcionais.

A partir das oito semanas de idade gestacional, o embrião passa a ser designado feto e apresenta já a forma humana que se desenvolverá continuamente até ao nascimento. O parto ocorre em média cerca de 38 semanas após a fecundação, o que corresponde a aproximadamente 40 semanas após o início do último período menstrual.

Os bebês que nascem antes das 37 semanas são considerados pré-termo ou prematuro e depois das 40 semanas pós-data.

Algumas mulheres apresentam gravidez múltipla, que é a gestação em que existe mais do que um embrião ou feto, como é o caso dos gêmeos.

O atraso menstrual é geralmente o sinal que mais chama a atenção da mulher para a possibilidade de uma gravidez. Outros sintomas são: aumento dos seios, enjoos, sono, aumento da fome e frequência urinária e maior sensação de cansaço.

É importante que toda gestante tenha acompanhamento periódico e contínuo com um obstetra para assegurar que o desenvolvimento seja adequado e que a mãe não sofra nenhum problema.

Os exames pré-natais apresentam uma série de benefícios para a saúde da grávida e do bebê.

Entre os cuidados de saúde indispensáveis durante este período estão: a suplementação com ácido fólico, a restrição do consumo de tabaco, álcool e drogas, a prática de exercício físico adequado e a realização dos exames médicos e ecografias recomendados.

É possível que algumas mulheres sofram complicações, as mais comuns delas, são a hipertensão, diabetes gestacional, anemia por deficiência de ferro e náuseas e vómitos graves. Daí a importância do acompanhamento médico.

Agende sua consulta

Blog e Artigos