Ginecologia: qual é a função dessa área da medicina?

Dra. Patrícia Varella Especialista em Ginecologia, Obstetrícia e Reprodução Humana Assistida

A área ginecológica é bastante abrangente. Essa especialidade da medicina é destinada ao estudo, cuidado e tratamento da saúde do aparelho reprodutor feminino e mamas. Isso significa que o profissional se atenta à saúde da mulher como um todo.

Dentre as doenças mais comuns tratadas por um ginecologista estão: cistos de ovário, endometriose, mioma uterino, doença inflamatória pélvica, candidíase, vaginose e as ISTs (Infecções Sexualmente Transmissíveis).

Para prevenir doenças mais graves, como o câncer de mama, é fundamental realizar consultas anuais com esse especialista.

Quando procurar um ginecologista?

Uma mulher pode procurar um ginecologista em diferentes fases da sua vida:

  • Primeira consulta: ela deve ocorrer após a primeira menstruação, já que o pediatra não é mais o médico ideal. Afinal, a partir daí, alguns cuidados e orientações serão muito mais qualificadas.
  • Para prevenção: a consulta anual é importante para tirar suas dúvidas, buscar as orientações necessárias e deixar seus exames em dia.
  • Para diagnósticos e tratamentos de doenças: alguns sintomas podem indicar a necessidade de marcar uma consulta, como menstruação atrasada, excesso de menstruação, dores na pelve, corrimentos e dores durante a relação sexual.
  • Durante a gravidez: para ter certeza de que tudo está bem com você e com o seu bebê.

Diferença entre ginecologia e obstetrícia

A maioria dos profissionais ginecologistas atuam nas duas especialidades, criando um vínculo devido à continuidade do acompanhamento da paciente antes, durante e após a gestação. 

Entretanto, podemos dizer que a principal diferença entre estas especialidades é que, enquanto a ginecologia cuida da saúde do órgão reprodutor feminino como um todo, a obstetrícia foca nos fatores relacionados à reprodução humana. 

Subespecializações da Ginecologia

A Ginecologia apresenta uma série de possibilidades de trabalho, além dos atendimentos em consultório e com hora marcada. 

No entanto, existem diversas subespecializações em que o profissional pode atuar, como:

  • Densitometria óssea: responsável por diagnosticar e medir a massa óssea dos fetos das suas pacientes;
  • Mamografia computadorizada: realiza exames avançados de mamografia;
  • Reprodução humana: atuar com inseminação artificial, como fertilizações in vitro e tratamentos hormonais;
  • Medicina fetal: cuida da saúde fetal, realizando diagnósticos precoces, procedimentos cirúrgicos e ultrassons.

Agora que você já conhece mais sobre a função da Ginecologia, não deixe de agendar uma consulta com um especialista para avaliar a sua saúde como um todo!

Artigo escrito pela Dra. Patrícia Varella

Ginecologista, obstetra e especialista em reprodução humana assistida

Preencha o formulário e agende sua consulta

loading...

INFORMAÇÕES DO AUTOR:

Dra. Patrícia Varella Especialista em Ginecologia, Obstetrícia e Reprodução Humana Assistida

Médica formada pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP), também fez residência médica em Ginecologia e Obstetrícia na mesma instituição.
CRM-SP nº 93928