Vale a pena colocar o DIU?

Dra. Patrícia Varella Especialista em Ginecologia, Obstetrícia e Reprodução Humana Assistida

A mulher que já considerou algum tipo de medida anticoncepcional em sua vida, já deve ter ouvido falar do DIU. Ele é a abreviação para o Dispositivo Intrauterino, e se trata do método contraceptivo  mais eficiente atualmente.

Contudo, ele é pouco usado. Menos de 5% das mulheres brasileiras utilizam. Isto deve-se, grande parte, pelo desconhecimento e pelos vários mitos e verdades sobre ele. Assim, deixa muitas mulheres em dúvida!

Vale a pena colocar DIU? Separamos algumas perguntas e suas respostas sobre o método, para você tirar essa dúvida! Fique com a gente!

Dúvidas sobre o DIU

Abaixo vamos esclarecer algumas dúvidas sobre o DIU. Confira!

É possível engravidar com o DIU?

Sim. O método é extremamente eficaz. Contudo, como sabemos, nenhum método contraceptivo atual oferece 100% de proteção! Assim, quando ele é feito de cobre, seu risco de engravidar é de 0,8%, aproximadamente. Se ele for de hormônios, oferece risco de 0,2%.

Lembre-se: Ele não é considerado o mais seguro por nada! Ele não está sujeito a falhas ou esquecimentos, como no caso da pílula!

DIU aumenta o risco de contrair infecções? 

Isto não é verdade. Isto vem do passado, onde realmente  ele poderia aumentar o risco de doença pélvica. Contudo, isso não acontece mais hoje em dia! Dessa forma, se a mulher estiver saudável, o risco do surgimento de infecção é muito baixo!

Ele pode atrapalhar minhas relações sexuais?

Não. Nesse sentido, ele não atrapalha em nada e não oferece prejuízos ao prazer da mulher! Além disso, você pode retirar ele a qualquer momento!

Sua implantação é muito dolorida?

Em suma, podem existir alguns momentos de desconforto. Contudo, ele é um processo muito simples e indolor! E dependerá também de sua sensibilidade e suas expectativas quanto à realização do procedimento!

O DIU pode alterar meu fluxo menstrual?

Sim.  O DIU de cobre, por exemplo, aumenta a intensidade e duração do fluxo menstrual. Já o DIU com hormônio pode fazer o contrário: diminuir o fluxo, podendo até interromper o processo!

Por fim, procure sempre dicas de sua ginecologista e acompanhamento de clínicas especializadas se decidir optar pelo método!

Você ainda tem dúvidas? Entre em contato com a gente!

Você pode encontrar a Dra Patrícia Varella também no Instagram!

Preencha o formulário e agende sua consulta

loading...

INFORMAÇÕES DO AUTOR:

Dra. Patrícia Varella Especialista em Ginecologia, Obstetrícia e Reprodução Humana Assistida

Médica formada pela Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (FMUSP), também fez residência médica em Ginecologia e Obstetrícia na mesma instituição.
CRM-SP nº 93928